Wednesday, June 09, 2010

Estranho poder


Dois dias depois que minha diarista me deixou senti a dependência. Tento superar, mas ela deixou sinais que me perseguem, uma porção de pó atrás do sofá, uma mancha no vidro da janela da sala.

5 comments:

Eliane Accioly said...

Que delícia de conto!
Parabéns!
Um abraço,

Eliane

Silvia said...

Sensacional. Fazer poesia numa hora dessas!
Abraço

Márcia Luz said...

Que identificação!!! Até ri aqui. Concordo prontamente com a Eliane e a Silvia.

luisventurafotografia said...

E viva a diarista. Ela tem o poder...rsss. abs...

Lu Saharov said...

Adorei seus minicontos. Também cometo alguns, que chamo desenredos. Gostaria que me visitasse:
www.ludmilasaharovsky.blogspot.com
Abraços