Thursday, November 20, 2008

Vicinal


Foi síndico por vários anos seguidos, sempre implicando, reclamando, punindo os condôminos.
Mudava-se, de prédio em prédio a mesma coisa.
Até que encontrou a vizinhança perfeita, no cemitério.

3 comments:

Guto L.F. said...

Ótimo, Ana!\o/

Rê Moreira said...

pelo visto não foi cremado!
Adorei!

beijinhos

dudv said...

Pois é! Bom conto.