Sunday, September 23, 2007

Homose


As mulheres da casa deixavam suas marcas por todos os lados.
A comida, os doces, as pinturas no banheiro, as bonecas.
No varal as roupas que dançavam com o vento.
O perfume de alfazema nas folhas dos livros e os fios de cabelo comprido na penteadeira.
Foi inevitável querer ser uma delas.

2 comments:

Sílvio Vasconcellos said...

A síntese. Optar por mini ou microcontos nos torna mais sintéticos, mas de forma alguma nos tira a essência; ao contrário: nos obriga a ir no âmago, tocar no ponto. É como correr e tomar água no copo. A feminilidade contida nesse miniconto é o melhor exemplo disso.
Obrigado pela visita e pela citação na oficina; volte sempre e sirva-se à vontade.

Beijo

Sílvio

Angela said...

Que lindOOOOOOOOOOOO!!!