Saturday, August 18, 2007

Espelhos


Depois da morte da esposa ele retirou todos os espelhos da casa. Os vizinhos comentaram, ele estava enlouquecendo. Diziam que ele queria esquecer como ela era vaidosa, como passava o dia admirando sua própria imagem, pintando a boca com batom.
Todos estavam enganados, ele queria apenas deixar de ver sua infinita tristeza.

3 comments:

UrsaM said...

Ana, sabe que eu acho interessante esta preservação de nossos textos?
Só nos tornamos donas dele depois que cessa o ineditismo. Estou percebendo corretamente? Hoje, isto parece coisa de dinossauros, não é?
Um bj.

Rafaela Silva Santos said...

Ana gosto tanto dos seus mini contos eles são ótimos...não tenho aciência para contos grandes e enfadonhos, mas os seus me prendem até o final.Beijuuss

Ekatala Keller said...

Lindo! Amei.